Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Quadro Que Ninguém Viu... O Poema Que Ninguém Leu...

O Quadro Que Ninguém Viu... O Poema Que Ninguém Leu...

03
Jan16

Desafio Invertido

  Oi oi, fui desafiada pelo Escritor Mascarado para numerar os meus 5 chocolates preferidos...

  Após muito pensar cheguei a conclusão que era mais fácil falar dos 5 chocolates que não gosto por isso vou riscar os meus 5 chocolates preferidos da lista e vou numerar os que menos gosto, começando pelos que nem posso ver a frente.

 

  1) Chocolates com banana (só de pensar em bananas fico com vómitos, e depois de imaginar que há chocolates com esse sabor é a minha visão da morte, alias quando eu estiver mais para lá do que para cá vou ver uma enorme embalagem de chocobanana com um manto e uma foice...)

  2) Chocolates com massapão (se o primeiro era a minha visão da morte, este são os diabretes que trabalham com ela, os que não matam mas fazem-te a vida negra...)

  3) Chocolates com pasta de amêndoa (estes são os primos dos massapão (eu gosto de chocolates com amêndoa mas no entanto o sabor da pasta é tão mas tão) 

  4) Chocolates de 70% cacau (é tão amargo, eu já me vejo grega para comer chocolate amargo, este deve ser o braço direito da morte [o chocolate com banana])

  5) Chocolates de 90% cacau (70% é amargo este aqui é o pior de todos, não ficou mais de 10 seg. na minha boca, até o chocolate com banana aguentou mais tempo claro que a seguir fui a correr vomitar mas lá que aguentou, aguentou por isso posso concluir que o chocolate de 90% cacau é a indicação do Inferno em chocolate).

blog.png

  Com isto posso concluir o desafio, desafio o Escritor Mascarado para dizer os 5 chocolates que ele detesta..

  Bom dia miguitos. 

03
Jan16

JÁ É PARA AÍ A 3.ª VEZ QUE ESTOU ESCREVER ISTO - MEDO!

Mazuké isto gente? 

Já cortei os pulsos 3 vezes,estou mais calma.

Vou começar pela única parte que salvou:

  Não, não vou escrever nada inspirador sobre o medo ou algo do género, vou apenas explicar como é que vim parar aqui.
  Sinceramente nem eu sei bem, não sei se foi pelo facto de uns dias antes em conversa com o meu melhor amigo lembrar-me do Fotolog ou pelo facto de brevemente ir para longe de "casa"...

  Eu sou aquela pessoa que vai à Metropolis e fica junto do balcão a ler um livro. Escuso de dizer que nem chegou a um quarto da noite e o livro já tinha levado com 3 copos em cima... Tento em conta que entrei lá um pouco antes da meia noite e sai de lá por volta das 5 e tal, nem foi muito mau. Não é que eu não gosto de sair ou de "socializar" afinal de contar não sou nenhuma Geek que além de pesar 800kg fica dia e noite em casa a jogar e beber garrafas refrigerantes de 2 em 2 mins. Muito pelo contrario, quer dizer, depende do dia. Se tiver num dia "nem aí para o mundo" até me podem vir apresentar um modelo magnata que a única a sair da minha boca é um "oi" acompanhado com um "adeus".

  Eu sou capaz de ir para casa do Zé a convite da Amélia que é amiga da prima do Paulo que por sua vez é conhecido do Zé, só para não me chatearem, mas ao mesmo tempo levo o meu caderno e fico a desenhar o tempo inteiro enquanto eles começam a entrar em coma alcoólico por exemplo. 

  E quando eu gosto da companhia, tomo iniciava, a serio, perguntem ao Escritor Mascarado qual de nós tem mais iniciava, não é preciso, eu é que lhe mostrei o quão maravilho é acampar, e o primeiro local online onde ele publicou algo foi também no Fotolog.

  A verdade é que eu em tempo de aulas mal falo com as pessoas da minha turma quando mais, especialmente num local novo, vou precisar de algo para me ocupar os meus dias, visto que não vou ter os meus migos para chatear.

Mas pronto vamos passar a parte do medo.

  Eu tive MEDO de ler certas coisas que lá tinha, sim aquilo via-se mesmo que eu estava pronta para ir para uma Casa dos Segredos na RÚSSIA, não sei se tive mais medo de ler o que escrevia ou pelo facto desses serem os que eram mais vistos, a media de visitas à minha conta de lá era de 413 views. Mas pronto já estou como o outro "safoda". 

  Como estava a dizer ao ler aquilo só me lembrava desta frase "A ocasião faz o ladrão" não estou a dizer que roubava, eu nem sou capaz de mexer nas coisas das pessoas quando elas me pedem para mexer, pergunto para ai 3 vezes ou mais se querem mesmo que eu mexa... Quando digo que "a ocasião faz o ladrão" era pelo facto do tp de pessoas com que me dava, alias eram das mais calma que lá andavam e mesmo assim eram umas bestas também quando andas numa escola que junta 3 bairros sociais não sair dali grávida ou com algo no registo criminal é de louvar, até que me farte e fui para a escola perto da minha casa FOI SÓ A MELHOR COISA QUE FIZ, não a melhor coisa que fiz foi perceber o quão estúpida era mesmo estando sempre a ouvir "não sejas cortes" 

  Como nunca fui de ligar ao que me dizem, até me "safei" ahaha pelo menos cheguei ao fim na casa dos teen sem merdas, única coisa que me aconteceu foi chumbar por causa da mudança de escola, isto pelo facto da outra escola ser tão mas tão boa que as nossas aulas eram ficar a ver filmes ou a ver uma professora a chamar um funcionário para tirar o fulano X da sala, até mesas eu cheguei a ver a serem atiradas para cima de uma professora. 

  E assim acabo esta espécie de devaneio de madrugada...

^C25EAD691AB63FDC04FF2D9A53F7B464A2217FECF3ECDC5C87^pimgpsh_fullsize_distr.jpg

 Aqui está a prova como não tenho 800kg, mas tenho um urso.

 

p.s. Das não sei quantas fotográficas que  tinha no Fotolog só fiquei com 9 e 4 os textos,são os publiquei aqui, com a sua respectiva data.

30
Dez15

Rabiscos antigos - 4

"A voz é importante porque...

Porque sem voz não conseguia-mos comunicar, vivíamos num mundo, mudo num sem felicidade e sem risos, sem aquelas palavras que fazem uma pessoa ficar sem falar ou até mesmo aquelas de ajuda, as que nos levantam a moral.
Também não havia aqueles momentos como por exemplo: as horas de jantar em muitas famílias é a única hora de convívio que elas conseguem ter; as festas onde todos cantam; os momentos de contar piadas ou histórias divertidas, entre centenas de outras coisas.
E tu, já imaginaste o teu dia da dia sem voz?

P.s: Isto começou tudo com um texto de uma aula..."

16 abril 2012

30
Dez15

Rabiscos antigos - 3

"Com os versos, fiz um poema, com um poema fiz poesia, com a poesia fiz um livro, com um livro, fiz sabedoria, com a sabedoria, aprendi dotes, com os dotes que aprendi fiz futuro, com o futuro, fiz felicidade, com a felicidade,fiz amizades, com as amizades, fiz um amor, com um amor, criei família, com a família e o futuro, fiz dinheiro, com o dinheiro, fiz contas a vida e voltei há escola da vida, com a escola da vida voltei a juventude, com a juventude vi que em poucas palavras voltei a formar os versos que um dia formaram o meu futuro..."

22 julho 2011

30
Dez15

Rabiscos antigos - 2

"Estive a pensar nessa coisa de “ser feliz”...
E sinto que as pessoas se perdem quando pensam na felicidade como um destino. Estamos sempre a pensar que algum dia iremos ser felizes, teremos aquele carro ou aquele emprego ou a pessoa das nossas vidas que vai resolver tudo. Mas a felicidade é um estado. É uma condição, não um destino. É como estar cansado ou com fome, não é permanente. Isso vai e volta e está tudo certo.
Se as pessoas pensassem nisso dessa forma elas encontrariam a felicidade muito mais vezes."

21 julho 2011

30
Dez15

Rabiscos antigos - 1

"Quando é novo todos gostam, quando esta a ficar mt usado poucos o querem, quando esta a entrar em desuso só um ou dois não larga, quando é velho já ninguém quer saber disso, quando todos deixam de queres saber é quando vemos que temos Amigos que apesar de tudo nunca nos deixaram... Mas poucos percebem que a amizade é como o vinho quanto mais velho melhor é... Nestes últimos anos perdi algumas amizades, e ganhei outras, mas Juro que as amizades que ganhei e as que mantive, são especais e não as quero perder, porque quem tem vivido neste circulo de amizade comigo, sabe e sempre saberá que pode confiar, criticar, falar, amar, adorar... Mas também sabe que não pode magoar, arruinar, estragar, abandonar, usar! A amizade que perdi era mt especial ate ao ponto de eu a convidar para mt coisa, mas deixas.te de flr e dizendo que eu era player que só queria saber de mim mesma, e que nunca te dei o devido valor, hj noto que a altura o valor que te dei foi demasiado, player era porque tu eras o meu jogo, contigo eu dizia que ai ate onde fosse e que te levaria, mas isso perdeu.se tudo este mar sem fim... Sera que um dia voltarei a ter a tua amizade? Era mt bom quando eu recebia aquelas tuas sms's carinhos, e querias saber o que eu tinha mesmo quando eu dizia que não tinha nada mas tinha alguma coisa, sim eu cheguei mesmo a amar.te mas nunca aceitei nenhum dos pedidos, porque sabia que quando a relação acaba.se nunca mais me falarias... Se hj deito um sorriso é porque tu ensinaste.me a sorrir e a levantar.me quando cai.se mas hj vi que para ti não passei de mais uma conhecida em que dizias ter orgulho em flr mas afinal só me mentias quando o dizias..."

16 julho 2011

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub